quarta-feira, 14 de abril de 2010

A influência de peças masculinas no vestuário feminino

É sabido que na história da moda peças masculinas migraram drasticamente para o vestuário feminino. Exemplo disso é a legging, usada na Idade Média para proteger homens do frio. Coletes, suspensórios, bermudas, calças de alfaiataria etc foram para os nossos guarda-roupas com um toque feminino.

Selecionei peças masculinas que ganharam espaço no vestuário feminino e estão super em alta:

Na Idade Média, as leggings eram usadas por homens com a finalidade de proteger-se do frio. Hoje homem de legging é chacota, embora na Europa essa concepção esteja em alta.

Elas brilharam em cores extravagantes, saídas das aulas de aeróbica (junto com as polainas) nos anos 80. Usando materiais e estampas de toda sorte, elas voltam com tudo em 2010.

Esse sapato estritamente masculino tornou-se popular no século 17 por estudantes da Universidade de Oxford - Por isso o nome. Trata-se de um sapato fechado com cadarço.

Ele ganhou visibilidade de marcas como a MELISSA que criou um modelo oxford mais feminino, misturando cores.

Seu sucesso iniciou no século XX, a partir dos anos 20, principalmente nos filmes de Hollywood a partir dos anos 40, como Humphrey Bogart no clássico Casablanca, além de identificar o estereótipo de gangsters e detetives como Al Capone (Wikipedia). De todas as cores e estampas, eles estão na cabeça feminina.

O colete vem da Roma Antiga, o material utilizado era o ferro para proteger os brigões. Ele só ganhou notoriedade no vestuário feminino nos anos 90, com a ajuda de Kate Moss. Do jeans ao paetê, coletes dão um tcham num visual básico.

Katie Holmes é a garota boyfriend. A pergunta que não quer calar: Tom Cruise reclama dessa compulsão por suas calças?
Besteirol à parte, a calça boyfriend tem que ser 1 número (pelo menos) a mais do que você usa. A ideia é parecer que você roubou a calça de um homem.

Eaí, meninas? Já roubaram algo do guarda-roupa do seu namorado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário