quinta-feira, 12 de março de 2009

Cabelos bonitos são essenciais para o bom humor

Então, meninas.. 
eu ontem postei sobre cabelos e hoje eu estava lendo uma matéria também sobre cabelos que achei interessantíssima e que vou compartilhar com vocês. Espero que vocês gostem. A matéria segue:





Sabe aquele papo de que os cabelos refletem diretamente no humor? Pois, acredite: é verdade! A constatação é de uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pelo Instituto Pantene com 725 mulheres, com idades entre 18 e 65 anos. Ao todo, 88% delas, ou seja, 638, concordaram que o cabelo é essencial para a satisfação pessoal e profissional, bem como para a definição do humor. E se os homens tivessem entrado na pesquisa, o resultado certamente não seria muito diferente.
Na escala da pesquisa, um cabelo bem arrumado é um dos fatores que levam à autoconfiança, que resulta em melhores relações e, conseqüentemente, superações e conquistas, até em completa satisfação e plenitude.
Ter um cabelo saudável e bonito pode evitar a insegurança, tão comum entre as mulheres, e deixá-las dispostas para vencer a jornada diária, cada vez mais atribulada. Por isso, especialistas recomendam tratamentos contínuos para evitar danos mais graves aos fios.


Efeito do tempo

Com o passar dos anos, o cabelo sofre efeitos naturais que os tornam mais sensíveis aosdanos cotidianos. Os efeitos biológicos podem ser amenizados se os fios forem tratados regularmente. É necessário cuidar bem hoje para evitar que amanhã as alterações causadas pela idade deixem o cabelo mais frágil.
Confira na tabela abaixo os quatro principais efeitos da idade sobre os cabelos:


Efeitos:

-Perda da melanina;
-Aumento natural da espessura da medula
-Diminuição da produção da oleosidade natural
-Perda da atividade folicular e alterações no crescimento


Consequência:


-Maior sensibilidade aos raios ultravioleta e diminuição do brilho
-Perda de movimento e  flexibilidade dos fios
-Cabelos mais secos e quebradiços 
-Menos volume, diminuição do tamanho e qualidade da fibra capilar

Nenhum comentário:

Postar um comentário